Centenário da Revolução de Outubro

site_RO

A Revolução Socialista de Outubro de 1917,  é um acontecimento de enorme importância que marca não só o fim da Rússia Czarista, mas também o início duma nova época na história da humanidade.

No dia 7 de Novembro de 1917, o proletariado russo, apoiado pelo Partido Bolchevique liderado por Lénine, tomou o poder e iniciou uma das mais belas e importantes revoluções tendo como base uma nova sociedade liberta da exploração, da repressão, da guerra e da pobreza.

A Revolução de Outubro não foi um processo fácil, pois o capitalismo encarregou-se de criar entraves à luta dos trabalhadores através de sabotagens, intervenção de potências imperialistas e da guerra civil. O povo russo resistiu às dificuldades e num curto espaço de tempo transformou a Rússia czarista num país altamente desenvolvido, adquirindo um elevado nível nas mais variadas áreas: industrial, agrícola, científico, entre outras.

A União Soviética foi o primeiro país do mundo a conquistar para o seu povo uma série de direitos políticos, sociais, económicos e culturais fundamentais: o direito ao trabalho, a jornada máxima de 8 horas de trabalho, às férias pagas, a igualdade de direitos entre homens e mulheres na família e no trabalho, o direito à habitação, mecanismo de protecção para as crianças e jovens, o sistema de segurança social, a educação e a saúde pública, a democratização da cultura, e do desporto. As conquistas da Revolução Socialista de Outubro tiveram impacto mundial, assim o demonstram, as vitórias da classe operária e dos trabalhadores de todo mundo, o avanço do Movimento Comunista Internacional, a luta contra o colonialismo, pela independência e soberania dos povos. Não esquecendo o papel fundamental da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS), o Exército Vermelho, para a derrota do nazi-fascismo na II Guerra Mundial.

Cem anos após a Revolução de Outubro, o sistema capitalista, a sua natureza exploradora, opressora,  agressiva e o agravamento da sua crise estrutural, dão razão à Revolução de Outubro e demonstram a sua actualidade, comprovando que o Socialismo é a única alternativa para uma sociedade justa, que ponha fim à exploração do homem pelo homem. Esta Revolução mais que um importante acontecimento na história da humanidade, é um exemplo de transformação e conquistas que demonstram que é determinante a unidade, a organização e a luta da classe operária, dos trabalhadores e dos povos, por um futuro e uma sociedade mais justa, igualitária que tenha presente os valores do socialismo.

A Revolução Socialista de Outubro é o acontecimento maior do processo histórico da emancipação dos oprimidos, trabalhadores e povos, porque consagra a possibilidade de superação Revolucionária do Capitalismo. É por isso que devemos utilizá-la como ferramenta para dar ânimo e força à luta diária, compreendendo que o desaparecimento da URSS teve  um impacto muito negativo na correlação de forças mundial, na consciência das massas e no desenvolvimento da luta pelo Socialismo.

Nos dias que decorrem, onde cada vez mais assistimos ao ataque de direitos fundamentais, ao aprofundar do capitalismo e do imperialismo, comemorar o centenário da Revolução de Outubro assume um importante papel. Comemorar este centenário é denunciar o capitalismo e as suas consequências, é reafirmar o projecto de Lenine e Marx, é combater a ofensiva ideológica  que tenta rescrever a história promovendo o anti-comunismo e o anti-
-sovietismo, é valorizar o importante papel da classe operária, do povo e da sua juventude na transformação da sociedade.

Sabe mais sobre a Revolução de Outubro.