Todos os posts arquivados em “Sobre a JCP

38° aniversário da JCP

Hoje comemora-se o 38º Aniversário da Juventude Comunista Portuguesa!

38 anos de existência transportando o património de luta dos jovens que na História se levantaram, resistiram e nunca se resignaram perante a exploração e a opressão, a pobreza e falta de condições de vida, o imperialismo e a guerra, o racismo e a xenofobia. Todos os dias os jovens de todo o país transportam os valores que a JCP defende como a defesa do trabalho com direitos, a educação pública e gratuita, o direito à habitação e à prática desportiva, o direito à criação e acesso à cultura, o direito a viver num ambiente sadio, entre tantos outros.

Como afirmámos no 11º Congresso realizado em Abril deste ano, é pela luta que lá vamos! E por isso comemoramos o aniversário intimamente ligados à luta da juventude que se faz nas escolas, nos locais de trabalho e na rua para defender e conquistar novos direitos, assim como para reconquistar os direitos roubados e a fazer deste um país onde a juventude possa viver.

No próximo Sábado, 11 de Novembro, a JCP irá realizar uma festa na Voz do Operário, em Lisboa. Dia que irá contar com a realização do 14º Encontro Nacional do Ensino Secundário e da 16ª Conferência Nacional do Ensino Superior, momentos de importância central onde a defesa da Educação pública, gratuita, democrática e de qualidade para todas será o mote para a definição de linhas de trabalho dos estudantes comunistas para os próximos anos.

A juventude em Portugal poderá continuar a contar com a JCP nas batalhas na nova fase da vida política nacional, não desperdiçando nenhuma oportunidade para a melhoria das condições de vida da juventude, de forma a abrirmos caminho a uma política patriótica de esquerda tão necessária ao país e a uma vida digna para os trabalhadores e o povo português. Por isso também apelamos a que todos se juntem à manifestação nacional convocada pela CGTP-IN para o dia 18 de Novembro em Lisboa, pela exigência da valorização do trabalho e dos trabalhadores.

Cá estamos e estaremos na luta por uma nova sociedade da e com a juventude, os trabalhadores e o povo português, com o programa que propomos de construção no país de uma Democracia Avançada, no caminho do socialismo!

Lê e participa na discussão do Projecto de Resolução Política do 11º Congresso

O Congresso é o momento mais importante da vida da JCP, a organização revolucionária da juventude. Este é um Congresso ligado à realidade da juventude, à sua luta, em que discutimos colectivamente como vamos intervir para reforçar a JCP e a luta nas escolas e locais de trabalho.

Para defender os nossos direitos e conquistar uma vida melhor para a juventude, “É pela luta que lá vamos!” – por isso, junta-te à luta, participa com as tuas opiniões e a tua acção na construção do 11º Congresso da JCP!
Contacta a JCP e vem ao 11º Congresso, dias 1 e 2 de Abril, em Setúbal (Fórum Luísa Todi) – haverá transportes de todo o país.

 

Lê e participa na discussão:
Regulamento e Objectivos
Projecto de Resolução Política do 11º Congresso

 

 

37º Aniversário da JCP

10 de Novembro – 37.º aniversário da JCP

Conquistar o presente, construir o futuro, é pela luta que lá vamos!

Os jovens que constroem todos os dias a JCP transportam o património de luta dos jovens que na História se levantaram, resistiram e nunca se resignaram perante a exploração e a opressão, a pobreza e falta de condições de vida, o imperialismo e a guerra, o racismo e a xenofobia. No nosso país, a juventude foi decisiva na construção da Revolução de 25 de Abril de 1974 que trouxe avanços e conquistas pelos quais ainda temos de lutar: o trabalho com direitos, a educação pública e gratuita, o direito à habitação e à prática desportiva, o direito à criação e acesso à cultura, o direito a viver num ambiente sadio, entre tantos outros.

Ontem como hoje é preciso continuar a luta pela defesa e pela conquista de direitos, porque nunca nenhum governo deu direitos à juventude, estes foram sempre conquistados a pulso nas escolas, nos locais de trabalho e nas ruas. Aos dias de hoje, se queremos ver obras nas escolas ou turmas mais pequenas, se queremos o aumento dos salários, o fim das propinas e mais acção social escolar, se queremos contratos de trabalho efectivos, se não queremos que 2 horas de Exames Nacionais ditem o nosso percurso, se queremos mais funcionários professores, se queremos viver felizes no nosso país e não sobreviver, então é necessária unidade e luta.

Queremos um país e um mundo mais justos e estamos confiantes que a luta da juventude portuguesa contribuirá decisivamente para isso. Já neste ano lectivo foram realizadas várias acções de luta pelos estudantes por melhores condições nas escolas ou contra o aumento do prato social, bem como têm sido travadas lutas concretas e reivindicativas em muitas empresas e sectores contra a precariedade e pelo aumento dos salários. Será a força desta luta e a sua ampliação que permitirão que possamos defender e conquistar mais direitos e melhores condições.

A JCP, a organização revolucionária da juventude, estará sempre com a juventude portuguesa na luta pela preservação do meio ambiente, pela paz, a democracia, a independência nacional, o progresso e a justiça social. Trabalhamos e lutamos por uma nova sociedade a construir com o povo português, contribuindo para a construção de uma democracia avançada em Portugal no prosseguimento dos ideais, conquistas e valores da Revolução de Abril. Para que um dia não haja lugar à exploração do homem pelo homem, onde seja possível a plena concretização dos direitos e aspirações juvenis e em que a vida tenha os mais vastos horizontes de realização individual e colectiva – o Socialismo e o Comunismo.

A JCP está empenhada diariamente na construção do XX Congresso do Partido Comunista Português, que se realiza em Almada nos próximos dias 2, 3 e 4 de Dezembro sob o lema “Com os trabalhadores e o povo Democracia e Socialismo”. Congresso que está há largos meses a ser preparado, com debate e discussão envolvendo milhares de militantes e amigos num processo de profunda democracia interna, em que todos são chamados a dar o seu contributo.

É inabalável a confiança que a JCP tem na força, empenho e luta da juventude. Toma Partido, toma nas tuas mãos o destino da tua vida, adere à JCP!