Centenas em defesa do direito a estudar

(data: 26.11.2015)

A Juventude Comunista Portuguesa saúda os estudantes do Ensino Superior que resistem e lutam pelo seu direito a um Ensino Superior Público, Gratuito, Democrático e de Qualidade, tal qual como inscrito na lei fundamental, na Constituição da República Portuguesa.

No dia 26 de Novembro, estudantes do Porto, Lisboa, Vila Real, Braga, Bragança, Almada, Aveiro, Algarve, Coimbra e Évora, respondendo ao apelo de diversas estruturas e associações estudantis, organizaram acções de denúncia e protesto em torno de problemas como a falta de condições pedagógicas fruto de insuficiências no pessoal docente e não docente, assim como nas infraestruturas e outros materiais; as propinas, taxas e emolumentos; as bolsas de estudo insuficientes e sucessivamente atrasadas; o abandono escolar e os milhares que são obrigados a trabalhar ou a endividar-se para continuar a estudar.

As inúmeras acções e as centenas de estudantes envolvidos de Norte a Sul do país demonstram que os estudantes não aceitam a situação de subfinanciamento das instituições e que o momento político que vivemos no nosso país exige toda a luta, de forma a efectivar uma mudança de políticas, que ponha fim ao caminho de elitização e mercantilização da educação.

Da parte da JCP, reafirmamos que tudo faremos para que as reivindicações dos estudantes sejam ouvidas. Continuaremos comprometidos com a luta dos estudantes e apelamos a que esta se intensifique como forma de garantir, na prática, uma mudança de políticas para o Ensino Superior.

O Secretariado da Direcção Central de Ensino Superior (DCES) da JCP

Saiu o AGIT n.º 117, edição de Dezembro de 2015

(data: 7.12.2015)

Já está por todo o país a edição de Dezembro de 2015 do AGIT, o jornal da JCP. Neste número, Edgar Silva, candidato à Presidência da República, responde às perguntas de vários jovens; e assinala-se o 36.º aniversário da Organização revolucionária da juventude. Destaque ainda para as mais recentes acções de luta da juventude e para a necessidade de prosseguir a luta pelos nossos direitos.

Compra, lê e divulga! Consulta online em www.jcp.pt/agit

 

UE em luta

(data: 20.11.2015)

A JCP saúda e está solidária com todos os estudantes da Universidade de Évora e em particular com os que no dia 18 deste mês, no pólo dos leões na Universidade de Évora (UE), realizaram uma acção de luta a exigir mais e melhores condições para o seu direito a estudar.

A partir do movimento de estudantes universitários “UÉ PARA TODOS” realizou-se uma concentração no pólo dos Leões reivindicando um bar público, o aumento de bolsas, aumento de vagas nas residências, o fim das propinas, aumento de pessoal docente e não-docente e a melhoria das condições materiais e humanas na UE onde ficou notória a gravidade do estado do edifício de teatro que há dezenas de anos está para ter obras e que sucessivamente são adiadas.
Os problemas dos estudantes só se resolvem com a intensificação e ampliação da luta. Assim apelamos a que os estudantes da Universidade de Évora se juntem e estejam unidos na defesa dos seus direitos na conquista de um ensino superior de Abril, gratuito e de qualidade.

A Organização Regional de Évora, 20.11.2015