Todos os posts arquivados em “Ensino Superior

14650215_1080938318672143_1887995687232590956_n

Estudantes do Ensino Superior contra o aumento do prato social!

Decorreu na passada quarta-feira, 19 de Outubro, na Cantina Velha da Universidade de Lisboa uma ação de protesto de estudantes do Ensino Superior de Lisboa contra o aumento do prato social em 15 cêntimos. Para além da recolha de assinaturas de um abaixo-assinado neste sentido, os estudantes afixaram ainda em pratos de plástico as suas reivindicações.

A JCP saúda a luta dos estudantes do Ensino Superior contra o aumento do prato social, com diferentes expressões por todo o país.

DSC_0250

Estudantes saem à rua em defesa da Escola Pública

No passado dia 18 de Junho, na grande manifestação em defesa da Escola Pública, os estudantes estiveram presentes com a sua luta em defesa da Escola pública, gratuita e de qualidade para todos, ‪#‎AEscolaAQueTemosDireito‬. Por obras nas escolas, por manuais escolares gratuitos, contra os exames nacionais, contra as propinas, o Processo de Bolonha e as privatizações de escolas e de serviços, pela democracia nas escolas e o direito aos estudantes se organizarem e lutarem, por mais investimento no ensino, os estudantes saíram à rua, numa luta que continua “nas escolas e na rua”. A JCP saúda todos os que se mobilizaram, neste dia e todos os dias, em defesa da Escola Pública, da Escola de Abril!

DSC_0382

Estudantes saem à rua e exigem mais Acção Social!

Os estudantes do Ensino Superior saíram à rua dia 15 de Março, em Lisboa. Desde o Largo do Carmo à Assembleia da República, exigiram mais e melhor acção social escolar: bolsas de estudo suficientes em valor e em número e com um processo mais rápido e menos burocrático através da suficiência de meios nos serviços de Acção Social; cantinas públicas com qualidade, a redução do prato social e a sua gratuitidade para estudantes bolseiros; residências suficientes e em melhores condições; a reposição do desconto de 50% no passe dos estudantes. Estas reivindicações foram subscritas por mais de 7000 estudantes que assinaram um abaixo-assinado nacional que foi também entregue. Exigiu-se uma inversão da política de sub-financiamento que tem sido seguida, para impedir quaisquer aumentos das propinas, com vista à sua abolição.

A Juventude Comunista Portuguesa saúda todos os estudantes que se deslocaram a Lisboa para esta Manifestação e a luta que se desenrola por todo o país por mais e melhor Acção Social Escolar. Esta luta ganha especial importância no momento em que se discute o Orçamento de Estado para 2016, que apesar de ser um Orçamento diferente para melhor, mantém medidas que têm levado ao agravamento da vida dos estudantes, medidas essas que poderiam ter sido invertidas caso a totalidade das propostas do PCP tivessem sido aprovadas. Apelamos ao reforço da luta dos estudantes em cada escola e nas ruas, porque só com a luta é possível defender, repôr e conquistar direitos.

A Juventude Comunista Portuguesa reafirma o seu compromisso com a luta dos estudantes, por um Ensino Superior Público, gratuito, democrático, de qualidade e para todos.

Lisboa, 15 de Março
O Secretariado da Direcção Central do Ensino Superior da JCP